«Rúben Amorim sabe o que queremos além de 2024» - Moztimbila

«Rúben Amorim sabe o que queremos além de 2024»

«Rúben Amorim sabe o que queremos além de 2024»

No que concerne à continuidade e renovação de contrato com o treinador Rúben Amorim, Frederico Varandas desdobrou-se em elogios e não deixou margem para quaisquer dúvidas.

«O que me interessa, muito mais do que se fala [resultados], é o que é de facto, real e o que é real é a relação diária que tenho com o treinador, diretor-desportivo. Temos uma excelente relação pessoal e profissional. O Sporting tem o privilégio de ter um dos melhores treinadores do Mundo. Tem contrato até 2024, sabe o que queremos para além de 2024. Paguei 10 milhões de euros e hoje pagaria 15», deixou expresso o líder dos leões, que assegurou: «A renovação é um assunto em cima da mesa.»

Elogiando o técnico, Frederico Varandas afirmou: «Sei bem que não vou conseguir ter Rúben Amorim por 20 anos. Sempre que surge um despedimento num clube da big 5 [cinco melhores ligas do Mundo] o nome dele é falado e vai dar o salto porque merece e porque é dos melhores treinadores do Mundo.»

Quanto aos resultados e à distância relativamente ao líder Benfica, Frederico Varandas deixou o seu ponto de vista: «Os resultados tornam tudo muito volátil. No Sporting é, e deve ser normal, um treinador aguentar-se. Estamos longe do título, mas a análise do futebol em Portugal é fraca e pobre. Quando se ganha está tudo bem e quando se perde está tudo mal. Houve jogos que vencemos jogando mal e a análise é de elogio a um Sporting frio e calculista, mas quando se domina e não se vence, o Sporting é frágil, etc, etc. Não há uma crise, temos uma ideia de jogo muito bem definida, criámos mais oportunidades de golo, simplesmente não concretizámos. Temos um plantel em que acreditamos muito, um grupo que, até à data, praticamente, apenas soube vencer. É a primeira vez que está a passar por uma fase difícil, apesar de injusta, nos resultados, mas faz parte do crescimento. Enquanto Direção sempre estivemos e vamos estar presentes no apoio a este grupo.»

Este tema mereceu, da parte do presidente dos leões, análise alargada, com exemplos concretos: «Tivemos maior posse de bola no Dragão, o melhor jogador em campo foi o guarda-redes adversário, Diogo Costa. Contra ao Arouca podia estar quatro ou cinco a zero ao intervalo. Tem faltado eficácia. Tivemos várias lesões importantes. Perdemos com Chaves e Varzim, perdemos, na Champions, com o Eintracht Frankfurt, com um erro gravíssimo da arbitragem, depois de termos ganho lá, vencemos um jogo com o Tottenham e vencemos outro, ou seja, a duas mãos, teríamos eliminado esses adversários.»

Desta forma, Frederico Varanads rematou: «No dia em que o presidente do Sporting pensar como adepto, o Sporting vai direitinho para as ruínas. Não ligo a flutuações de adeptos que, naturalmente, sofrem com o Sporting.»
Next Post Previous Post
No Comment
Add Comment
comment url