«Lopetegui é especial: lançou-me no FC Porto e vai ajudar-nos»

«Lopetegui é especial: lançou-me no FC Porto e vai ajudar-nos»
O médio português Rúben Neves, autor do segundo golo do Wolverhampton Wanderers na tarde deste sábado, no encontro em que os ‘wolves’ receberam o Brighton e saíram derrotados (2-3), para a 15.ª jornada da Premier League, confia que, com a confirmação da chegada de Julen Lopetegui para suceder ao técnico interino, Steve Davis (que herdara o comando da equipa após Bruno Lage), a equipa irá melhorar e poderá subir a sua produção.

«Apesar da derrota, há coisas positivas a extrair deste jogo. Mas a verdade é que andamos a sofrer demasiados golos nos jogos em casa. Mesmo onze contra onze [Nélson Semedo foi expulso nos ‘wolves’ aos 45+5’], permitimos dois golos ao adversário e voltámos a ser macios a defender», considerou o médio internacional português do Wolverhampton, que, de penálti, ainda fez o 2-1 para os anfitriões, aos 35’, já após Lallana ter colocado os visitantes em vantagem (0-1, aos 10’) e do também internacional português Gonçalo Guedes ter restabelecido a igualdade (1-1, aos 12’)… e antes de Mitoma restabelecer o empate (2-2, aos 44’) e Nélson Semedo ser expulso (45+5’) e deixar os locais em inferioridade numérica para a segunda metade, após uma primeira parte… frenética, como se percebe.

«Penso que reagimos bem na segunda parte. Foi muito difícil, contra um Brighton que mostrou que gosta de ter a bola. Talvez merecêssemos um pouco mais, pois mesmo em inferioridade numérica criámos ocasiões de golo suficiente para poder ter marcado mais alguns. Mas temos de defender melhor», disse o médio lusitano no final, citado pela BBC.

E com a oficialização da chegada do treinador espanhol Julen Lopetegui (ex-FC Porto e ex-Sevilha, além de selecionador espanhol e antigo técnico do Real Madrid) para render o treinador interino Steve Davis – que herdara o comando da equipa após a saída de Bruno Lage, já durante a presente temporada – a partir da pausa da Premier League para a disputa do Mundial do Catar-2022 (começa dia 20 do corrente mês, e vai até 18 de dezembro, recorde-se), a esperança de Rúben Neves e dos ‘wolves’ em dias melhores e maior tranquilidade na tabela classificativa cresceu. O espanhol, de 56 anos, vai ser apresentado no dia 14 do corrente mês, anunciou o clube este sábado, em Wolverhampton.

«Estou 100 por cento certo de [Julen Lopetegui] ser um excelente treinador, que já fez grandes coisas em grandes clubes, e que nos irá ajudar. Mas temos de nos focar nos dois jogos que temos pela frente, antes, ambos em casa, e vencê-los: essa é a meta, no imediato», resumiu Rúben Neves, de 25 anos, que esteve no FC Porto de 2005 a 2014 e desde há cinco anos (2017) defende as cores dos ‘wolves’.

«[Lopetegui] é especial pois foi ele quem me lançou, enquanto profissional, quando eu tinha 17 anos [no FC Porto]. Com essa idade, em Portugal ninguém lança jovens nas equipas. Por isso, é alguém especial para mim. Foi com Lopetegui que me estreei na equipa do FC Porto», recordou o médio cuja valia e golos de belo efeito com portentosos remates de longe são atributos de há muito reconhecidos também na Premier League.
Next Post Previous Post
No Comment
Add Comment
comment url