Frederico Varandas aponta aos críticos: «Como deve ser difícil…» - Moztimbila

Frederico Varandas aponta aos críticos: «Como deve ser difícil…»

Frederico Varandas aponta aos críticos: «Como deve ser difícil…»

O presidente do Sporting discursou, esta noite, na 40.ª edição dos prémios ‘Rugidos de Leão’, que juntou na Quinta do Paul, em Leiria, mais de um milhar de adeptos do clube.

«Foi há quatro anos que o Sporting começou a trilhar um caminho de coragem, um caminho em que se regressou ao futuro. Mais do que pensar na presente fizemo-lo para garantir o futuro. Em quatro anos investimos no clube de uma forma transversal, estrutural, como não se fazia há décadas. Chegámos ao destino final desse caminho? Não, ainda falta, ainda temos muito a percorrer, mas cada vez mais fazemo-lo de forma mais estável, mais sustentável e mais competitiva. Vamos manter o rumo e a estratégia na vitória e na derrota, pois no Desporto ganha-se e perde-se, mas em ambas as situações temos de ter cultura desportiva. Por vezes faz-se tudo corretamente e não se ganha, jogamos muito melhor que o adversário e perdemos, mas temos de ser sempre exigentes e melhorar o nosso processo de trabalho, as variáveis que controlamos. Não podemos mudar de rumo por qualquer vitória ou derrota. Uma das provas de maturidade e crescimento do clube é a forma como reagimos perante uma fase menos boa. Hoje o Sporting continua a avançar no seu caminho de uma forma segura e confiante», afirmou Frederico Varandas, logo apontando aos críticos da sua gestão:

«Sorrio quando oiço dizer que esta estratégia é pouco ambiciosa, é pouco exigente e que damos preferência à vertente financeira... como deve ser difícil para esses ver que, além do crescimento do clube em todas as vertentes, é preciso recuar décadas para encontrar um mandato tão vencedor como foram estes últimos quatro anos. Uma das maiores alegrias é ver esta geração de miúdos, com 8 ou 10 anos, a crescerem com um Sporting mais vitorioso e competitivo ... continuemos a crescer e a vencer.»
Next Post Previous Post
No Comment
Add Comment
comment url