Javier, o espanhol que se vestiu à Benfica para ir a um jogo do Sporting - Moztimbila

Javier, o espanhol que se vestiu à Benfica para ir a um jogo do Sporting

Um jovem a envergar uma camisola das águias no duelo dos leões com o Villarreal, no Algarve, causou surpresa ao Maisfutebol.


A confusão não era muita, mas nas imediações do Estádio do Algarve, que na noite desta quinta-feira recebe o Sporting-Villarreal , o verde e o branco eram, naturalmente, as cores predominantes.

Porém, por entre as centenas de pessoas que circundavam o exterior do recinto, duas camisolas vermelhas saltaram à vista. E uma mais do que outra.

Empoleirado num banco, um jovem observava com expectativa todas as movimentações daquele espaço. Até aqui tudo normal.

Só que a criança envergava, de forma destemida, uma camisola do... Benfica. Ao lado, o irmão Jorge, com uma alternativa vermelha do Villarreal, sempre passava mais despercebido.


Da recusa inicial à explicação do pai: «Viemos de férias, ele gostou da camisola e acabámos por comprar»

Mas se Javier é destemido na hora de vestir uma camisola do Benfica num jogo com o Sporting, o mesmo não se pode dizer na hora de falar com o nosso jornal.

Tímido, o jovem espanhol começa por recusar a primeira abordagem do moztimbila, e é o pai, Jose, que o encoraja: «Fala, fala.»

Mas é mesmo o patriarca que dá o pontapé de saída nesta curta conversa que tinha como propósito desvendar o pequeno mistério. Afinal, o que fazia ali um rapaz com uma camisola encarnada das águias?

«Viemos de férias, ele gostou da camisola e acabámos por comprar», responde então Jose, que explica até que foram apanhados de surpresa pela presença do submarino amarelo por terras algarvias: «O meu filho mais velho é que viu hoje que o Villarreal jogava cá e decidimos vir.»

Uma explicação simples que esfria logo ali as sensações de uma bela história. Afinal, foi pura coincidência. Javier sentiu-se atraído pelo vermelho e escolheu uma camisola do Benfica para levar de recordação destas férias no Algarve.

«Ninguém me chateou»

Num ambiente predominantemente leonino, um equipamento do maior rival pode causar estranheza. Mas é pré-época, o ambiente é tranquilo e, pelo menos na presença do ABOLA.MOZTINGOMAS, as gentes leoninas não parecem incomodar-se com aquele vermelho da águia.

E isso mesmo confirma Javier prontamente: «Não, ninguém me chateou e não tive medo de trazer esta camisola.»

Quebrado o gelo inicial, e depois de mais algumas palavras trocadas com o pai, o pequeno Javier faz questão de lembrar que está ali é para apoiar o Villarreal.

«Espero que ganhemos 3-0, com três golos do Danjuma», diz o pequeno adepto, curiosamente ao lado do irmão, cuja camisola do emblema espanhol exibe nas costas o nome do extremo neerlandês.

Ainda só estamos na pré-temporada e por isso o ambiente é bem mais calmo, mas ainda assim não deixa de ser digno de registo o à vontade de Javier vestido à Benfica no meio de sportinguistas. Afinal, o futebol ainda é para todos.

Next Post Previous Post
No Comment
Add Comment
comment url